Número total de visualizações de página

quinta-feira, 14 de junho de 2012

quarta-feira, 11 de abril de 2012

DE NOVO A NOSSA ESCOLA SELECIONADA PARA UM ENCONTRO COM ESCRITORES

Mais uma vez, a Revista Visão Júnior, convidou a nossa escola, para a atividade "Encontro com Escritores". A escritora convidada pela revista foi Lídia Jorge e a entrevista foi na sua própria casa. Foi muito emocionante.
Consulte o link para visualizar o filme.

http://visao.sapo.pt/videolidia-jorge-a-encantadora-de-estorias=f656887

segunda-feira, 2 de abril de 2012

FELIZ PÁSCOA 2012 - SÃO OS VOTOS DA EQUIPA DA BE - A MÚSICA É DO PAÍS AMIGO - O BRASIL

Histórias de Páscoa
A VELHINHA, A GALINHA E OS OVOS DE PÁSCOA
(Conto Lituano de Nijole Jankute- Tradução livre de Olga Prokopowit)

Numa pequena aldeia, havia uma pequena casa. Nesta casa morava uma velhinha. Ela criava uma galinha e um coelho. A galinha tinha o seu ninho debaixo da escada e lá colocava os seus ovos. O coelho vivia solto pela relva que circundava a casa. A galinha cacarejava todas as vezes que punha um ovo, e a velhinha corria para recolher o ovo que a galinha punha e a alimentava com boa comida. A velhinha gostava muito da Pascoalina, que tinha a crista vermelha, as patinhas amarelas e as penas coloridas. Gostava também do coelho, que tinha o lábio partido, as orelhas bem grandes e o pelo branco bem fofinho. Certo dia, a velhinha ouve a galinha cacarejando tão alto e tão feliz:

- Puz, puz, puz! Até o coelho se assustou e ficou com as orelhas em pé. A velhinha desceu depressa os degraus da escada, baixou-se e viu no ninho um ovo bem grande, com manchas multicoloridas. Era tão lindo que ela não se cansou de o admirar. Com muito cuidado pegou-lhe e levou-o para a cozinha. Ficou pensando o que faria com ele. Não podia come-lo, pois era muito bonito e também não podia deixá-lo como enfeite, pois poderia cair e quebrar-se. O coelho que estava ao seu lado, disse-lhe:

- E se o der de presente para uma criança? A Páscoa está chegando e com certeza quem o receber ficará muito feliz. A ideia é boa, respondeu a velhinha, porém, para que criança? Eu conheço tantas. Ela pensou um pouco e exclamou:

- Já sei, vou juntar muitos ovos da galinha Pascoalina e depois de pintá-los vou presentear todas as crianças. Saltitando e feliz, o coelho dizia:

- Eu também vou ajudar a pintar. Assim dito, assim feito. A galinha carijó pôs muitos ovos. A velhinha recolheu-os numa cesta de vime e com o coelho branquinho, pintou-os. Ficaram tão bonitos. Multicoloridos. Vermelhos, verdes, azuis, amarelos, roxos. Alguns com listas, outros com bolinhas e até com flores. No domingo de Páscoa, a velhinha colocou-os numa bela cesta e o coelho branquinho distribuiu-os para todas as crianças da aldeia.

Nota: o nome da galinha foi alterado para tornar a história mais portuguesa

sábado, 25 de fevereiro de 2012

CAMPEONATO SUPERTMATIK E PROVAS ELIMINATÓRIAS

VISUALIZAÇÃO DE FILME NA BE "OS LIVROS VOADORES"

No dia 8 de fevereiro, os meninos do 1º ciclo, visualizaram um filme mudo,  em 3 dimensões e com uma banda sonora fenomenal.
Este filme conta uma história de um bibliotecário, do seu amor pelos livros e respetiva reciprocidade.
Chegado ao fim da sua vida, este tem que abandonar os seus livros e como ninguém é insubstituível, uma bibliotecária jovem ocupa o seu lugar.



Até à data, "The Books Fantastic Mr. Morris vôo de Lessmore"  tem entusiasmado os fãs de todo o mundo levando para casa os seguintes prémios:
 · Cinequest Film Fest: Melhor Curta de Animação
 · Palm Springs International ShortFest: Prêmio do Público  favorito
 · SIGGRAPH: Best in Show
 Para desfrutar de "Morris Lessmore" e outras Apps Moonbot visite o seguinte link:
RATO DO LADO DIREITO/ABRIR HIPERLIGAÇÃO
A CARTA VENCEDORA DA EFEMÉRIDE CELEBRADA NA BIBLIOTECA ESCOLAR
“DIA DOS NAMORADOS”
DIA CATORZE DE FEVEREIRO

SABES O SIGNIFICADO QUE TENS PARA MIM. ÉS O SOL DA MINHA VIDA, A FORÇA DO MEU BEM-ESTAR.
SEM TI, NADA FAZ SENTIDO, NADA MESMO.
ILUMINAS O MEU DIA COM O TEU SORRISO TRIDENT, A COR INCERTA DOS TEUS OLHOS.
SEM TI EU SINTO O MUNDO A PARAR. QUANDO TE VEJO A SORRIR, SÓ ME DÁ VONTADE DE TE PUXAR AS BOCHECHAS, OS SINAIS QUE PERMANECEM DENTRO DE TI.
ÉS LINDA E TODOS ACHAM ISSO, MENOS TU, QUANDO DIZES QUE ÉS HORRÍVEL, SÓ ME DÁ VONTADE DE TE ESCANCARAR OS OLHOS, PARA VERES QUE ÉS PERFEITA!
ÉS O MEU PÃOZINHO COM SAL, A MANTEIGA DA MINHA TOSTA, A MARMELADA DO MEU PÃO E O TESOURO DO MEU CORAÇÃO.
O TEU CABELO ALVORAÇADO, OS TEUS DEDOS DE FADA, AS TUAS BLUSAS DO SMURFE, SÃO LINDOS.
SABES QUE EU NÃO VIVO SEM TI, ÉS A FLOR DA MINHA ESTUFA.

AMO-TE MUITO FOFINHA!
PARA:  LÚCIA MOITA TURMA A 8º ANO, Nº 16
DE: ADRIANA CARVALHO 8º ANO TURMA A

LIVRO DO SÉRGIO GODINHO QUE SE RECOMENDA

O PEQUENO LIVRO DOS MEDOS

Com texto e ilustrações de Sérgio Godinho, O Pequeno Livro dos Medos é uma narrativa que, partindo de uma narração em primeira pessoa de tipo episódico, dá conta da relação particular do narrador com o medo, apresentando vários casos particulares que permitem perceber o seu crescimento interior e a forma como foi lidando com ele.
Assim, de palavra cuja definição vai ser encontrada no dicionário a sentimento concreto e inquietante, o narrador realiza uma verdadeira viagem ao interior dos seus medos particulares, tornando-os objectivos, analisando-os e desmistificando-os, permitindo ao leitor uma actividade semelhante. As aguarelas que acompanham a narrativa captam, de forma sugestiva e com recurso à indefinição, as imagens do medo, permitindo, também através da componente pictórica, a sua representação e, consequentemente, retirando-lhes algum do terror que as caracterizava. | Ana Margarida Ramos
Título O pequeno livro dos medos | Autor(es) Sérgio Godinho, Sérgio Godinho (Ilustrador) | Tipo de documento Livro | Editora Assírio & Alvim | Local Lisboa | Data de edição 2004 | Data da edição original 2000 | Área Temática Infância, Medo, Família | ISBN 972-37-0602-4 | Colecção Assirinha |